Com uma campanha competitiva, que obteve o acesso com uma rodada de antecedência, o Clube do Remo está credenciado a disputar o título da Série C do Campeonato Brasileiro. O adversário é o perigoso Vila Nova-GO, em jogo marcado para o estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia, a partir das 17h deste sábado (23). O campeão, aliás, será definido em dois jogos. O segundo será em Belém, dia 30, no Mangueirão. Não há, até agora, vantagem para nenhum dos lados. Papo para depois…

Dificuldades

Apesar da boa fase, vitórias sobre o rival Paysandu e o retorno à Série B após 14 anos, o Leão não teve uma semana tão tranquila. O clube pediu o adiamento da partida de hoje em função do surto de covid-19 que se estabeleceu dentro do elenco. Resultado: a competitividade do Remo está, em parte, ameaçada. O lateral-esquerdo Marlon, que é o principal garçom da equipe, não jogará, assim como o artilheiro Salatiel.

No entanto, a comissão técnica, que não terá Paulo Bonamigo, também diagnosticado com o novo coronavírus, conseguiu montar um time em condições de competir contra o Vila. O interino Renan Capra vai apostar as fichas em Eduardo Ramos e Gedoz, por exemplo. Além deles, destaques da campanha do acesso, como Vinícius, Tcharlles e Ricardo Luz, também estão escalados.

O Remo, portanto, tem condições de obter um bom resultado na primeira partida da grande final. O Leão busca repetir o feito de 2005, quando se sagrou campeão da Série C, principal título nacional do currículo azulino.

Rival

Do lado adversário, o Vila vai escalar o que tem de melhor. A exceção é Emanuel Biancucchi, que é o maestro do time, suspenso por ter sido expulso no jogo do acesso da equipe, contra o Ituano-SP.

 

Ficha Técnica 

Vila Nova-GO: Fabrício; Celsinho, Rafael Donato, Saimon (Mário Henrique) e Adalberto; Yuri, Dudu, Pablo e Alan Mineiro; Talles e Henan. Treinador: Márcio Fernandes

Remo: Vinícius; Ricardo Luz, Gilberto Alemão, Fredson e Lailson; Lucas Siqueira, Júlio Rusch e Felipe Gedoz; Tcharlles, Eron e Eduardo Ramos. Treinador: Renan Capra

Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO)

Horário: 17h

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Flavio Gomes Barroca (RN)

Quarto árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao (GO)

Fonte: O Liberal
Foto: Samara Miranda