Horas antes de deixar o cargo, o presidente dos Estados UnidosDonald Trump, concedeu o indulto presidencial ao ex-aliado Steve Bannon, segundo lista divulgada pela Casa Branca na madrugada desta quarta-feira (20).

Estrategista da campanha de Trump em 2016 e do governo norte-americano após a vitória, Bannon foi indiciado e preso em agosto de 2020, acusado de desviar dinheiro de uma campanha de apoio à construção de um muro na fronteira com o México. Ele foi solto após pagar fiança de US$ 5 milhões e aguardava o julgamento.

Bannon não foi o único a receber o perdão às vésperas da troca de governo. Além dele, mais de 70 pessoas, entre eles artistas conhecidos, foram beneficiados, confira abaixo:

  • Lil Wayne: em novembro de 2020, o rapper se declarou culpado da acusação de porte ilegal de arma e poderia ser condenado a até dez anos de cadeia.
  • Kodak Black: o rapper foi condenado em novembro de 2019 a quase quatro anos de cadeia por falsificar documentos para obter uma arma de fogo.
  • Anthony Levandowski: o ex-engenheiro do Google foi sentenciado no ano passado a cumprir uma pena de 18 meses sob a acusação de levar segredos da empresa sobre carros autônomos para o Uber.
  • Kwame Kilpatrick: prefeito de Detroit entre 2002 e 2008, ele cumpria pena de 28 anos de cadeia após ser condenado, em 2013, por corrupção. Segundo os promotores, as ações de Kilpatrick agravaram a situação financeira da cidade.

Ao todo, Trump concedeu o perdão a 73 pessoas e comutou as sentenças de outras 70 – a lista completa de beneficiados pode ser vista aqui. O indulto garante o perdão pleno para crimes federais.

 

Fonte: G1.com
Foto: Reuters/Andrew Kelly