Dias após ter sido apontado por Conor McGregor como o maior lutador da história do UFC, Anderson Silva voltou a desafiar o irlandês para uma superluta em peso-combinado de 80kg (ou 176,37 libras) – já havia feito o mesmo desafio em 2019, e anteriormente, em 2016. Em 2018, antes de enfrentar Khabib Nurmagomedov, o irlandês chegou a dizer que seria divertido enfrentar o Spider. Ex-campeão dos pesos-médios, o brasileiro acostumou-se a bater 84,4kg para lutar. Já McGregor, que é ex-campeão dos pesos-penas e dos pesos-leves da organização, fez lutas no peso-meio-médio, cujo limite é de 77,6kg. A proposta do Spider é que os dois se encontrem em um peso intermediário entre as duas divisões e façam uma superluta.

Em sua contra no Instagram, Anderson Silva teceu elogios a McGregor e disse que os dois poderiam fazer uma superluta para o esporte e para os fãs. O Spider completou dizendo que testar suas habilidades marciais contra McGregor seria “fantástico”.

– Tenho uma imensa admiração pelo grande atleta Conor e acredito que um super fight seria algo histórico para o esporte, nem um de nós precisa provar mais nada a ninguém; acredito que os fãs do ufc e do esporte gostariam de ver este grande espetáculo marcial, testar minhas habilidades marciais com ele seria fantástico!! – escreveu o Spider.

Fonte: G1
Foto: Editoria de Arte